Mercado Internacional

Sabemos que a melhor forma de se obter o maior rendimento em seus investimentos é trabalhar em conjunto porque nos conduzimos a um mesmo destino. Enfrentamos os desafios do mercado que podem surgir no caminho para um investimento bem sucedido.

Títulos Globais Soberanos

Instrumentos de dívidas emitidos pelos países através de seus respectivos Bancos Centrais, cotados e negociados nos mercados internacionais. Podem ser emitidos em diversas moedas e pagam cupons fixos ou variáveis semestral ou anualmente. Estas emissões são avaliadas por agências internacionais de riscos como Standard & Poors e/ou Moddys. A nota atribuída a cada emissão estará de acordo com a capacidade de reembolso das obrigações contraídas pelo estado emissor.

Títulos Corporativos

Instrumentos de dívidas emitidos por empresas privadas com a finalidade de consentir com o financiamento de suas operações. Têm maior rentabilidade em comparação aos bônus emitidos pelos Estados, o que implica em maior risco. Normalmente pagam juros semestrais com vencimentos de curto, médio e longo prazo.

Ações

Ações são títulos negociáveis de renda variável que representam a fração diante da qual o investidor participa do capital social de uma empresa. A renda é variável, portanto, a priori, a rentabilidade que a empresa obterá é desconhecida.

O retorno que as aplicações em ações pagam chama-se dividendo e as datas de pagamento não são preestabelecidas.

Quando um investidor compra ações de uma sociedade anônima na bolsa, torna-se proprietário de uma parte da empresa. Entre os direitos do acionista estão a participação e voto nas assembléias, a participação nos lucros sociais e nos remanescentes da liquidação caso a sociedade venha a dissolver-se, a fiscalização da gestão e a obtenção da preferência na subscrição de ações e nas obrigações negociáveis convertíveis em ações.

Se desejar recuperar o dinheiro aplicado em um momento determinado, deverá vender a ação no mercado secundário ao preço que o mercado está disposto a pagar por essa ação.

Quando uma sociedade anônima emite ações, recebe fundos em contrapartida a esta determinada emissão, portanto as ações podem ser negociadas nos mercados secundários várias vezes. Nestas operações sucessivas, a sociedade não recebe renda das mesmas. A empresa somente recebe novas rendas quando decide ampliar seu capital e realizar uma emissão de novas ações.

Ações Preferenciais

Possuem elementos econômicos e políticos que as diferenciam e lhes concedem privilégios frente às ações ordinárias ou comuns. Podem conferir a seus detentores o direito de receber um dividendo fixo e/ou porcentagem sobre o lucro e/ou prioridade no reembolso de capital em caso de liquidação.

Entre os elementos políticos está o poder de eleger um determinado número de diretores. As ações preferenciais podem ser privadas do direito ao voto exceto nas assembléias ordinárias quando a sociedade encontra-se em mora no cumprimento dos direitos acordados e nas assembléias extraordinárias que consideram resoluções ou reformas que dão direito a recesso, o que implica na opção de retirada do sócio da sociedade em determinadas circunstâncias.

As ações preferenciais podem chegar a ser um instrumento financeiro híbrido que, em alguns casos, pode adotar o comportamento similar a um instrumento de renda fixa e outros similares às ações comuns.

Outra característica destes instrumentos é que eles geralmente têm, incorporada, uma opção de recompra por parte do emissor a um determinado preço e a partir de uma determinada data estabelecida no contrato de emissão, aumentando desta forma o risco de reinvestimento do instrumento, razão pela qual se exige que tenha maior retorno que outros instrumentos de renda fixa.

Fundos de Investimento

Os fundos de investimento são instrumentos que reúnem poupança proveniente de pessoas diferentes com o objetivo de proporcionar aos participantes maior rentabilidade com relação à que obteriam separadamente. Os investimentos que fazem parte dos fundos incluem uma ampla gama de opções. Podemos encontrar bônus, ações, títulos de renda fixa, derivados e outros fundos de investimento ou combinações de todos eles. Os fundos buscam tirar proveito das economias de escala, proporcionando aos participantes, acesso, liquidez e preços que normalmente não estariam ao alcance deles.

ETFS

Obtenha assessoria personalizada

Preencha nosso formulário e nossos assessores qualificados entrarão em contato com você.